Vantagens e desvantagens em trabalhar com carteira assinada

Com o mercado de trabalho brasileiro cada vez mais complicado, onde se tem um número alto de desemprego, garantir um emprego com carteira assinada é cada vez mais difícil. Essa dificuldade vem fazendo com que algumas pessoas abrissem mão da busca por uma vaga de trabalho tradicional e comecem a ser autônomas. 

Apesar de o trabalho autônomo oferecer muitas vantagens, ter a carteira de trabalho assinada como empregador pode ser ainda melhor, em alguns casos, ou seja, ter a carteira assinada é uma boa estratégia para garantir direitos trabalhistas, como a aposentadoria, por exemplo.

Algumas pesquisas feitas com os trabalhadores brasileiros afirmam que a maioria deles preferem a segurança do regime da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), pois assim os benefícios e a formalidade são garantidos.

Pensando nas dúvidas que muitos trabalhadores têm sobre esse assunto, nós separamos as vantagens e desvantagens da carteira assinada para poder esclarecer todas essas questões. Confira:

Vantagens

O trabalhador que está empregado no regime CLT, além de ter garantia de férias e o 13° salário também possui direito a um período de 90 dias no início do trabalho onde o empregador pode assinar como “período de experiência”.

Além de ter direito ao FGTS e ao PIS/PASEP. Nesse último caso é preciso estar atento à tabela PIS 2019 caso você se encaixe nos requisitos.

No regime CLT também é garantido o pagamento salarial, as mulheres têm direito a licença maternidade de 120 dias (com garantia de emprego por 5 meses após o parto) e é possível ter folga em casos de casamento, alistamento ou morte de parente próximo.

Os trabalhadores também têm desconto máximo no vale transporte de até 6% do salário, pagamento de horas extras (quando trabalhadas), aviso prévio para os casos de demissões e ainda seguro desemprego.

No entanto muitas vezes esquecemos de outras questões que não reconhecermos como benefício para quem possui a carteira assinada. Um exemplo claro é o repouso semanal remunerado, que garante pelo menos uma folga por semana.

Desvantagens

Apesar de parecer ser a melhor opção, algumas vezes trabalhar em regime CLT pode não ser tão bom assim, ou seja, quando se está vinculado ao trabalho formal assalariado, é normal que o trabalhador perca a flexibilidade de horários, ter que se deslocar até o local de trabalho e ser submetido às ordens do empregador.

Além disso, o trabalhador formal também tem descontado na folha de sua remuneração o percentual de 11% sobre o recolhimento obrigatório do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), assim como benefícios da previdência social como auxílio doença e licença maternidade. Os demais descontos geralmente são pagos pela empresa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *